Sobre solidão, liberdade e.....amor....

A solidão e a liberdade podem
quase sempre caminhar juntas.
Ou talvez a solidão seja um doloroso
e inevitável caminho para a liberdade,
um caminho sem volta,
Mas é preciso saber trilhar esse
caminho, pois existe o risco de cair fora dele
numa inebriante armadilha
que se confunde com o amor
mas que não passa de ilusão
de que se ama a alguém mais do que a si mesmo,
ou de que a necessidade de alguém é amor,
e de que isso seja condição para ser feliz.
Precisar de alguém não é amor,
é prescindir da liberdade de amar
é evitar o caminho da solidão e
pegar um atalho tortuoso para a prisão de si mesmo.

Postagens mais visitadas

Rabo