Abraçar o mundo

Confusão
Mente inquieta
Querendo tudo
Cuspir fora
Aquietar
Mas a turbulenta
Mente
Não para
Só a boca cala
Mas o corpo e o coração
Segue como o mar
Na tempestade
Já não sei pra onde ir
Meus pés não têm
Única direção
Meus braços querem
Abraçar o mundo
E meu corpo quer
Ser abraçado pelo mundo
Meu coração
Acariciado pelo universo
Quero tudo
Ao mesmo tempo
Aqui e agora!

Postagens mais visitadas

Rabo