Gritos e Primaveras

"O grito" de Edwand Munch

Quero gritar
que sou mulher e não mais menina
Que sou madura e não mais criança
que sou feminina e não me rendo
a Silicones, botox e soníferos
e ao que mais me fizerem engolir.
Porque sou autentica e não sei me agredir...

Quero gritar
que não quero a paz se for forjada pela intolerância
e por racismos escondidos em tapetes mal lavados
consumidos pelo poder de minorias sanguinárias
e massas ensandecidas por consumo de pseudoprazeres.
porque sou humana e não sei calar os olhos da alma...

Quero gritar
que estou quebrando meus bloqueios
mas ainda me engasgo com eles
e necessito cuspi-los sem ver a quem atingem
nem mesmo quando os que amo são chamuscados
pela sua fúria primaria, e seu calor vulcânico...
porque que finalmente entendi que
essa sou apenas eu depois de 32 primaveras
e não posso ser mais que 32 carnavais.

Postagens mais visitadas

Rabo