Romantismo Diabético

foto: Solange Mazzeto

Tá sou romântica
sim eu admito
mas sem açúcar
por gentileza
Prefiro carne humana
suculenta e bem temperada
e sangue fervendo na veia
bombardeando o coração.
O pulmão sem ar,
a boca seca pedindo beijo
a mão perdida
encontrando o sal da pele.
De você não preciso
necessito de mim apenas
pra ti reservo sentimentos
e o desejo de estar junto
sentindo e apenas sendo,
mas sem superficialidades
isso me causa tédio.
E por favor não me sufoque
tenho asma, preciso respirar
E a brisa apenas não me basta
preciso de vento forte a furacão.
Abraço apertado é bom
mas tem duração.
Sou intensa, mas sem excessos.
e não me peça pra ficar
quando eu não mais quiser
porque o que acaba
acabou, e foi eterno
enquanto durou...

Postagens mais visitadas

Rabo