Não sei...

Não, não sei guardar rancor
não, não sei não dar amor
só sei viver pra não sentir dor


não , não sei amar sem me dar valor
não, não sei discriminar o meu ardor
só sei calar do pranto a flor


pra ser feliz eu me esparramo
sem dar tristeza a quem amo
só sei amar sem ser transtorno


meu perdão em desapego
o descaso meu desassossego
o desarranjo é meu preço


a conquista é minha herança
a desconfiança  o desalinho
e é aqui que acaba a dança.

Postagens mais visitadas

Rabo