Mulher Embebida de Poesia

Desenho: Paula Martins

Sou partícula de poesia
e estilhaços de amores
sou feita de flores e traças
e traços de alegria e dor
sou do movimento continuo
das letras que dançam no ar


Sou sentidos, simples e mortal
sou visão, tato, paladar, olfato
e ouço palavras jogadas ao vento
no meu corpo a poesia dança
e palavras não mais se esvaem.


Sou todas, sou muitas
e não sou mais nada
penso no filho que não tive
nos amores que não vivi
transformo tudo em solidão
me acompanho das palavras
jogo melodias e meu corpo
alcança desejos no ar
e colhe os sentimentos da terra.

Postagens mais visitadas

Rabo