Escancarando



Afastei de mim
a vida que me levava
já era
a metamorfose se deu
agora tudo se escancara
e a porta na cara da vida
se depara
com o peito aberto de feridas
a morte veio e
com ela
nova vida e meia
meia volta e veia
aberto os poros
as pernas
as feras
no meio do não partido
é o sim pra lida
do copo ao delirio
e agora o lema
do gozo e da vida
mais amor
menos julgamentos
mais peito aberto
para o encarnado vermelho
para novas feridas.



Postagens mais visitadas

Rabo