A(r)dversa



Essa lua que alumeia
que incendeia
me clareia
as escuras tramas
Lua adversa
travessa, encandeia
traz desejos e 
leva lampejos
atrapalha a sina
Essa Lua devassa
trapassa, atravessa
lava, branqueia
encharca, enlaça
Lua....cheia....tateia
sentidos todos atravessados
Versos poucos 
não aplacam seus efeitos
em meu corpo 
travessa, aberta, desperta, brilha
em teu olhar, luar, entremeio
profunda flecha arremessada.

Postagens mais visitadas

Rabo